Procon Jundiaí | http://procon.jundiai.sp.gov.br

Procon divulga cadastro estadual de reclamações de 2017

Publicada em 28/03/2018 às 14:35

Ranking foi divulgado na manhã desta quarta-feira

O Procon Jundiaí, em parceria com a Fundação PROCON/SP, divulgou na nesta quarta-feira (28) o Cadastro Estadual de Reclamações Fundamentadas, com os registros de todo o ano de 2017. Esse cadastro é publicado anualmente, em cumprimento a uma determinação do art. 44, do Código de Defesa do Consumidor, para que se dê ampla divulgação à população sobre as reclamações tratadas junto aos órgãos do Sistema Nacional do Consumidor.

A Coordenadora do Procon Jundiaí, Gabriela Glinternik, explica que apenas uma pequena parte dos atendimentos prestados pelo órgão integra o cadastro, pois, na maioria dos casos, as demandas são solucionadas por meio de contatos preliminares entre o órgão e as empresas, sem a necessidade de formalização de uma reclamação. “A importância maior do Cadastro não está no volume de registros, mas na criticidade dos problemas que o compõem, pois são casos que as empresas não solucionaram de forma mais célere, havendo a necessidade de formalização de um processo administrativo”, completa.

Segundo Gabriela, os casos que integram o Cadastro representam, em sua maioria, os problemas de maior complexidade para os consumidores, pois indicam maior resistência das empresas em sua resolução e, em certos tipos de demandas, uma maior tendência à judicialização das disputas. “Os casos mais simples costumam ser solucionados de forma mais rápida, sem a necessidade de formação de processos, através do primeiro contato do Procon com o fornecedor. Trabalhamos de forma a evitar que as demandas dos consumidores cheguem a esse estágio, mas, nos casos em que a empresa não adota uma postura mais amigável, a formalização de reclamações é necessária”.

Rankig 10 empresas de  2017

As dez empresas mais reclamadas em 2017 foram:

FORNECEDOR ATENDIDAS NÃO ATENDIDAS TOTAL
 1º VIVO/TELEFÔNICA 49 57 106
CLARO / NET / EMBRATEL (AMÉRICA MÓVIL) 55 46 101
PÃO DE AÇÚCAR / EXTRA / PONTOFRIO.COM / CASASBAHIA.COM / CASAS BAHIA / PONTO FRIO 51 33 84
BRADESCO 34 42 76
DAE S/A ÁGUA E ESGOTO 34 37 71
ANHANGUERA / UNOPAR (KROTON) 23 34 57
CAIXA ECONOMICA FEDERAL 33 18 51
ITAU UNIBANCO 11 34 45
COMPANHIA PIRATININGA DE FORÇA E LUZ 16 26 42
10º SAMSUNG ELETRÔNICA DA AMAZÔNIA LTDA 18 16 34

 

Das dez empresas mais reclamadas em número absoluto de registros baixados em 2017, a Caixa Econômica Federal apresenta o melhor índice de solução, com 64,71%. Enquanto que o pior índice de solução ficou com o Banco Itaú, com 24, 44%.

Comparativo Rankig 10 empresas: 2016 e 2017

A Vivo estava em 6º lugar em 2016, com aumento significativo de reclamações, porém, com aumento no índice de resolutividade.

A Claro que em 2016 foi a mais reclamada, caiu para a segunda colocação, porém com aumento no total de reclamações registradas. Seu percentual de solução também subiu.

A Sky, que estava em 10º lugar em 2016, foi para 11º e além disso, o índice de resolutividade aumento bastante, chegando a 71,88% em 2017, contra 58,62 em 2016.

A DAE apresentou um crescimento significativo no índice de resolutividade. Em 2016, a empresa solucionou apenas 15,38% dos casos e no ano de 2017, o índice subiu para 47,89%.

Em destaque de melhoria na resolutividade está também a Samsung, que em comparação aos dois últimos anos, manteve o número total de reclamação e deu salto significativo em Reclamações Atendidas:

  • SAMSUNG 2016: 2,94% DE RECLAMAÇÕES ATENDIDAS
  • SAMSUNG 2017: 52,94% DE RECLAMAÇÕES ATENDIDAS

O resultado completo de Jundiaí pode ser conferido no link: https://jundiai.sp.gov.br/noticias/wp-content/uploads/sites/32/2018/03/ranking-reclamacao-2017-procon-jundiai-1.pdf

Assessoria de Imprensa
Fotos: Fotógrafos PMJ


Leia mais sobre

Link original: https://procon.jundiai.sp.gov.br/2018/03/28/procon-divulga-cadastro-estadual-de-reclamacoes-de-2017/